Faustão, a Dança, imbecis e meu protesto silencioso

Não assisti ontem a final da Dança dos Famosos. Fiz um protesto silencioso que obviamente não muda o andar da carruagem.

E essa não é a primeira nem a última vez que faço algo assim. Já abandonei o Big Brother Brasil na final, quando vi que aquele (…) Max seria o vencedor.

Desta vez minha birra foi motivada pelo júri artístico. Acho que é o momento de tornar o quadro algo sério e, como tal, precisa de mudanças.

A principal: já que é “necessário” ter um júri artístico, então que seja em menor quantidade que o técnico.

E tem mais: desde quando a plateia e os telespectadores são capacitados para julgar quem foi melhor ou não?

Isso me lembra o Ídolos, onde quem é bom de verdade não demora a ser eliminado. Teve o No Limite também…

Isso faz com que essas atrações não sejam levadas a sério. O público não sabe nem eleger os candidatos nas eleições!

De qualquer forma, achei merecida a vitória de Fernanda Souza que mostrou evolução a cada nova semana e esbanjava simpatia.

Ah, e não teve preço chegar no canal a tempo de ver Faustão mandando o imbecil colocar o resultado na tela.

Então tá.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *