(fdp): Mala Branca e Mala Preta (1×12)

“É uma história tão absurda, que só podia ser verdade.” – Manuela

Depois de muito correr atrás de Manuela, e da mesma ficar várias vezes indecisas, Juarez finalmente está de volta ao berço de sua família, e quem diria, tudo graças a história contada por Carvalhosa.

Ao colocar o drama familiar e o profissional no mesmo patamar da vida de Juarez, a série soube dosar bem as coisas, mostrando que quando uma coisa não está bem, a outra uma hora ou outra, irá degringolar de vez. Além disso, a comédia é inserida muito bem no contexto do que vemos.

A rixa entre Neri Nelson e Juarez é muito bem vinda, uma vez que ele tem maio acesso a massa, aos torcedores, e assim acaba aumentando o repúdio pelo pousadas litoral norte árbitro.

Os comentários sobre sua forma física continua sendo expostos em todos os momentos.

A história do russo Dimitri chantageando Juarez para dar uma forcinha ao Palermo, da Argentina, foi bem introduzida e o interessante é que Juarez teve apoio dentro de casa para saber o que realmente fazer. Manu foi peça chave em sua vida.

Agora é aguardar o último episódio da temporada para sabermos o que irá acontecer nessa final de Libertadores. Será que se Juarez fizer o certo? Caponero gostará disso?

Enquanto as coisas funcionam perfeitamente no episódio, o que se destoa desde há algum tempo é Gilda, pois não sei se é realmente para ter graças as suas piadas, ou só para nós ficarmos pensando que mulher não tem muito a ver com futebol.

* Danilo Artimos, editor do Episódios Comentados.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *