Fernanda Montenegro protagoniza o especial Doce de Mãe

5 de dezembro de 2012 0 Por Endrigo Annyston

Ela gosta de samba, cozinha como ninguém, não dispensa o tênis e, do alto de seus 85 anos, Picucha (Fernanda Montenegro) é uma mulher de alma jovem que explora o que há de melhor em cada momento da vida. Foram muitos altos e baixos para criar os quatro filhos, ser avó, ficar viúva… Há 27 anos, mora com Zaida (Mirna Spritzer), amiga, confidente, empregada, companhia, um anjo da guarda com quem divide tudo.

Sua rotina é movida por duas grandes paixões: o samba e a culinária. Picucha não teme a morte. Para explicar esse sentimento a Zaida (Mirna Spritzer), cita Fernando Pessoa: “A morte é uma curva da estrada, morrer é só não ser visto”. Sua maior terapia é a cozinha e, quando alguma curva parece se desenhar no horizonte, só há uma saída para Picucha: panquecas!

É na cozinha que suas mãos fazem mágica e preparam pratos deliciosos. Tem ambrosia, cuca de banana, picadinho Maria Luiza, picadinho ao vinho, bolo malhado, figo recheado com nozes, “cuecas viradas”, mas nada é tão especial quanto as panquecas flambadas. Ah! Essas panquecas flambadas que causam discórdia na família. Disputadas garfo a garfo, são sempre o destaque do Natal.

Em um dia comum, os quatro filhos recebem um misterioso telefonema da mãe. Eles são convocados para um jantar especial em que Picucha servirá suas famosas panquecas flambadas. Silvio (Marco Ricca), Elaine (Louise Cardoso), Suzana (Mariana Lima), Fernando (Matheus Nachtergaele), a neta Carolina (Elisa Volpatto) e a nora Florinha (Áurea Baptista) seguem para a casa de Picucha. Em clima de festa, com brindes de champanhe, Picucha anuncia o casamento de Zaida e sua imediata mudança para outra cidade. O que era para ser um momento alegre deixa todos em estado de choque.

A partir daí, se desenrola a trama de ‘Doce de Mãe’, uma comédia humanista escrita por Ana Luiza Azevedo, Jorge Furtado e Miguel da Costa Franco especialmente para Fernanda Montenegro. “Picucha tem uma ótima compreensão da vida. Ela é uma mãe diferente para cada um dos seus filhos e os aceita com sabedoria. Ela tem uma identificação com a vida”, define a atriz. O especial, parte da programação de fim de ano da Rede Globo, será exibido no dia 27 de dezembro, após ‘Salve Jorge’.