Gilberto Braga deveria rever Vale Tudo e Anos Dourados antes de produzir

3 de maio de 2011 2 Por Endrigo Annyston
Ontem assisti a estreia de Anos Dourados no Viva, em comemoração ao primeiro aniversário do canal.
Vi porque o horário é muito bom, daquele tipo que a gente sempre pediu a Deus, quer dizer, aos responsáveis pelo Canal Viva e finalmente atenderam.
Mas assisti especialmente porque o meu principal propósito com o canal de reprises é assistir o que ainda não vi.

E a sensação foi a seguinte: o que aconteceu com Gilberto Braga?

Gente, primeiro capítulo excelente e convidativo, daquele que você assiste e tem vontade de continuar no dia seguinte. E é tão simples quanto Vale Tudo!

Ou seja, duas tramas que não demandaram uma história mutcho louca pra dar certo. Eram boas e ponto.

Daí você liga em Insensato Coração e vê um folhetim que já vai para o quarto mês e ainda não aconteceu.

Acho que o Viva é ruim nesse sentido para os autores das antigas, afinal, abre espaço para quem não acompanhou seus primeiros trabalhos estabelecer uma comparação e ter a certeza de que deveriam ou se reciclar ou se aposentar.
Um outro caminho é “fazer o Benedito”, ou seja, bora fazer remake!
Ps.: como a Malu Mader era feia :O