Globo insistiu muito com TV Globinho antes de desistir

Eu continuo apoiando a decisão da Globo de colocar um ponto final na TV Globinho diária. Tenho reparado que, mesmo antes de ceder espaço para Fátima Bernardes, a equipe do infantil ainda tenta acertar.

Praticamente de quinze em quinze dias surge uma chamada anunciando um novo pacote de desenhos. E nunca sai da casa dos seis pontos, quando não faz menos. Nunca mais que isso.

E aí todo mundo diz que as crianças ficarão sem opções.

Ora, no horário a Record exibe o Hoje em Dia, de variedades, e fica com os mesmos cinco ou seis do SBT e Globo.

Anos atrás, Globo, Record e SBT também disputavam de igual pra igual mas as três chegavam em dez. Especialmente na época de Pokémon e Digimon.

Onde foram essas crianças? Sim, elas se afastaram da TV.

Vi o Reviva especial música e, não lembro quem, disse que crianças só são crianças até os cinco anos, depois querem produtos mais “adultos”. E é mais ou menos assim que funciona.

Além disso, o fato de muitas terem migrado para a TV paga, com muito mais opções. Não a toa Cartoon e cia são líderes.

Coincidência ou não, ao mesmo tempo a Globo lança o Gloob.

A questão é: não dá pra saber se realmente o SBT vai ganhar público com isso e se sair melhor ou se a faixa matinal seguirá com as três emissoras dividindo a primeira posição.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *