Globo muda e passa a conversar diretamente com o telespectador

Já comentamos muito sobre a mudança de atitude dos apresentadores do Jornal Nacional e depois a renovada que Tiago Leifert deu no Globo Esporte, né?

Pois é, em 2011 a Globo começou a apostar em chamadas dos programas direcionadas ao público de suas afiliadas, criando uma aproximação entre seus astros e o público de cada canto do país.

Mas não pararam por aí: se a ideia era um jornalismo mais informal agora também procuram estabelecer uma conexão entre seu principal produto, as novelas, com o telespectador.

Já viram chamadas de Malhação e O Astro em que os personagens começam a desabafar ou comentar fatos que ocorreram com eles? Então, agora existe uma conversa com quem assiste.

Achei fantástico especialmente porque muitas chamadas costumam ser um festival de criatividade com frases prontas do tipo “vai ser a maior comédia” ou “você vai se apaixonar” ou sei lá mais o que.

A Globo há alguns anos está em processo de renovação, por isso, insisto, cada vez faz mais sentido o slogan “A gente se liga em você”.

Pois, afinal de contas, “quem vive de passado é museu” e “quem fica parado é poste”.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *