Globo Repórter nos Céus do Brasil embarca em aventura na Caatinga

16 de março de 2012 0 Por Endrigo Annyston

Nesta sexta-feira, dia 16, vai ao ar a segunda edição do ‘Globo Repórter nos Céus do Brasil’. Depois de viajar pela Mata Atlântica em um imenso balão colorido, em novembro do ano passado, o especial faz agora uma expedição pela Caatinga, um bioma que não existe em nenhum outro lugar do mundo.

Na primeira aventura aérea do programa em 2012, o apresentador Sérgio Chapelin e o repórter Francisco José chegam à mais brasileira de todas as matas e, juntos, mostram a beleza da Caatinga verdejante, que, na época das chuvas, perde a aparência seca e retorcida e se transforma em uma área coberta de vegetação, que aflora pelos quatro cantos do sertão.

No programa, o telespectador conhece a reserva florestal onde vivem espécies que só existem no Brasil e as substâncias e plantas que são usadas na indústria farmacêutica. Os repórteres mostram também vestígios do homem pré-histórico, já que a Caatinga serviu de abrigo para os primeiros habitantes da América. “Neste especial, o telespectador vai descobrir toda a exuberância da Caatinga, um bioma exclusivamente brasileiro localizado em uma região onde vivem mais de 18 milhões de nordestinos. Inclusive eu, que nasci no sertão, onde predomina esse ecossistema tão valioso!”, adianta o repórter Francisco José.

O especial acompanha a rotina de trabalho do povo sertanejo. Como é o dia a dia dos moradores desta região? Cangaceiros mostram suas habilidades em desbravar as terras do sertão no meio da vegetação espinhosa. E um dos trabalhadores é convidado para um passeio no balão do ‘Globo Repórter’ e fica encantado com a beleza de sua terra vista sob um novo ângulo.

Nesta segunda expedição do ‘Globo Repórter nos Céus do Brasil’, o apresentador Sérgio Chapelin também embarca no balão: “Desta vez a aventura foi completa. Voei junto com o Chico José. Foi uma experiência muito bacana. A paisagem vista lá de cima é incrível!”, conta Chapelin.

Toda a filmagem do programa foi feita em tecnologia de alta definição (HD) e com lentes especiais capazes de aproximar em um grande close as imagens dos animais e plantas do local. Além disso, foram usadas gruas gigantes, helicópteros e mini câmeras especiais, que permitiram captar imagens de todos os ângulos da Caatinga.

O ‘Globo Repórter nos Céus do Brasil’ sobre a Caatinga vai ao ar nesta sexta-feira, dia 16, logo após ‘Fina Estampa’.