GLOBO REPÓRTER – Programa exibe segunda parte da reportagem especial sobre o Rio Amazonas

Nesta sexta-feira, dia 12, o ‘Globo Repórter’ exibe a segunda e última parte do especial ‘Viagem das Águas Amazônicas’, a mais extensa reportagem já produzida por uma equipe de TV brasileira no Rio Amazonas. Os repórteres Chico José, que saiu da nascente do rio a 5.392 metros de altitude nos Andes, e José Raimundo, que partiu da foz no estado do Pará, se encontram na tríplice fronteira entre Brasil, Peru e Colômbia.

Depois da inclusão dos satélites e do GPS na tecnologia de medição dos rios, descobriu-se que o Amazonas é o mais extenso do mundo, com 140 km a mais do que o Rio Nilo, na África. Há, portanto, uma nova geografia fluvial no mundo. Sendo navegável por transatlânticos e grandes navios cargueiros, o Amazonas é considerado a “estrada” mais movimentada da região Norte. Outra novidade revelada pelos estudos do INPE é que a foz do rio tem 279 km de extensão, de uma margem à outra, entre o Pará e o Amapá. Antes, considerava-se a foz entre a Ilha de Marajó e Macapá.

Cada equipe percorreu 3,5 mil km para mostrar toda a beleza, a diversidade e os mistérios do Amazonas. Somando todas as viagens realizadas, foram mais de dois meses de gravação. “Eu já havia percorrido alguns trechos do rio Amazonas em viagens anteriores pelo Globo Repórter. Mas nada se compara à emoção de viajar 3.500 quilômetros só por águas brasileiras do maior rio do planeta. Foi uma das melhores experiências da minha vida profissional”, revela o repórter José Raimundo.

A segunda e última parte do programa especial ‘Viagem das Águas Amazônicas’ será exibido pelo ‘Globo Repórter’ nesta sexta -feira, dia 12, após a novela ‘Insensato Coração’.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*