Glória Perez tem comportamento ridículo para quem deveria ser profissional

Pesquisa realizada pelo Cena Aberta aponta que Salve Jorge tem 57,94% de rejeiçâo, ou seja, mais da metade dos que acessam esse espaço não gostaram do que viram na trama que substituiu o fenômeno Avenida Brasil.

Passadas algumas semanas já é possível dizer, com certeza, que apesar de algumas qualidades, Salve Jorge é um tremendo mais do mesmo. Seja por conta dos personagens, que lembram muito os de novelas passadas da autora, ou o elenco, que se repete.

O folhetim teve uma estreia muito boa, no entanto, apesar de ter acertado no trio principal e a questão do tráfico humano, ainda derrapa na maior parte do que tem sido levado ao ar.

Mas Glória Perez, como é sabido, tem cartas na manga e, como fez com América, pode muito bem literalmente salvar o Jorge. Isso, cabe dizer, se resolver trabalhar e deixar de picuinhas no Twitter.

Só nessa semana ela ofendeu Manoel Carlos, João Emanuel Carneiro e uma infinidade de internautas. Os definiu, aliás, como adultos patéticos.

Eu me pergunto onde está escrito que as pessoas são obrigadas a gostar da telenovela da autora. Ela é imune a críticas? Se não sabe brincar, não desce pro play. Escreve no diário e pronto!

Aí ela ataca Maneco, autor que por décadas foi o coringa da Globo. Se existia um fracasso no ar, o autor era escalado pois, na certa, elevaria a audiência da casa. Não a toa vive no Vale a Pena Ver de Novo – hoje é sucesso também no Viva.

E, apesar de suas Helenas viverem no Leblon, ele não repete histórias. O elenco sim. Regina Duarte e Lilia Cabral são apenas dois exemplos de repetecos que deram super certo, afinal, o autor lhes deu diversos presentes, personagens um melhor que o outro – e diferentes.

Ah, detalhe, ele nunca perdeu tempo atacando companheiros. E audiência nunca foi um problema para o autor, apesar de Viver a Vida não ter sido um mar de rosas.

Ainda tem o João Emanuel Carneiro. Sorte dela se conseguisse colocar no ar histórias geniais como ele, altamente festejado pelo público e mídia. Tido como o melhor autor da nova geração.

E acho que é isso que está sendo difícil de engolir, uma novela rejeitada após um fenômeno. Puro despeito.

Tenho assistido Salve Jorge, não todos os dias. Não é uma novela que prenda. Por mais defeitos que Avenida Brasil tivesse, e tinha alguns, ainda assim existiam motivos que nos faziam ligar o televisor no dia seguinte.

Não adianta ter um elenco gigantesco se você não tem história pra contar. Da mesma forma que esses ataquinhos ridículos só fazem o público ter menos interesse por sua produção, já que Perez os ofende.

Dizem que ela se formou na “escola Janete Clair”. Duvido que uma das melhores autoras do Brasil baixava o nível desse jeito.

Menos Glória, bem menos. Vai escrever sua novela e faça por merecer!

Ah, só pra encerrar: nunca vi nem Maneco nem JEC usando uma menina, menor de idade, pra subir a audiência. Isso já é desespero.

Você está gostando de Salve Jorge?

Sim 14,95%
Não 57,94%  
Mais ou menos 27,10%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *