GNT, um canal que copia o que tem de ruim nas TV´s abertas


LASTIMO

Já fui um telespectador do GNT, via muita coisa ali. Hoje, bem menos. O canal tem me irritado com as constantes mudanças na grade de programação.

São incontáveis as trocas de dia e horário de exibição de atrações como The Ellen DeGeneres Show, Viva Voz e Chegadas e Partidas, só pra início de conversa. Não se difere em nada de uma Record ou SBT.

Isso sem contar o quanto Oprah sambou por ali num passado não muito distante. Não se preocupam em fidelizar o telespectador.

A última do GNT é o fato de terem dispensado Mônica Waldvogel, criadora, âncora e única sobrevivente após diversas mudanças no Saia Justa.

Resumo da ópera: nem os canais pagos nos dão sossego.

ESTIMO

Encontro desta quarta, sobre briga entre vizinhos e o fim do mundo. Papo descontraído, cheio de boas sacadas, a atração realmente tem feito diferença nas manhãs. Tá gostoso de assistir.

Ponto pra Fatinha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *