The Good Wife: Babado, confusão e gritaria (3×18)

Eu estava achando que esse seria um episódio comum na vida de The Good Wife e tudo caminhava pra isso até basicamente na hora do desfecho.

Há alguns episódios Alícia tem cozinhado em “banho maria” a ideia de voltar para a casa onde começou sua vida ao lado de Peter, onde os filhos cresceram e “foi feliz”, segundo a corretora.

Viveu em meio a uma tremenda dúvida, voltar ou não voltar, eis a questão.

O dinheiro não dava, nem com aumento. Mas rolou um desconto de 10% que ela não engoliu.

Quer dizer, não engoliu num primeiro momento mas, na sequência, foi capaz de bater de frente com Diane.

Eu só não sei dizer se é mais chocante ela colocando Diane contra a parede ou o lado devassa e com duas vidas da advogada. Tipo… inacreditável!

O episódio serviu também para uma tentativa de aproximação entre Kalinda e Alícia.

Quem diria que após negar uma simples cerveja para a ex-amiga e confidente descobriria que se entregou à Will enquanto ele ainda tinha um relacionamento.

A ficha caiu: ela não sabia, tanto quando Kalinda não lhe conhecia quando se envolveu com Peter.

E a vida é assim, uma caixinha de surpresas!

Destaco ainda a sempre divertida participação de Michael J. Fox, Canning funciona sempre tão bem que é presença recorrente em TGW.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *