Grey´s Anatomy: Melhor (?) do que eu esperava (7X01)

Acho que Miranda resumiu bem o que está acontecendo com nossos queridos personagens: fazendo uso de fita e cola estão tentando se recompor da tragédia que foi a season finale, não a toa considerada por muitos como o melhor final de temporada de todos os tempos.

Se nós que estávamos assistindo ficamos horrorizados com tudo aquilo, imagine alguém que vivenciou.

E a história representou bem isso: todos arrasados, uns conseguindo superar ou fingindo superar enquanto outros tem dificuldades maiores. Meredith e Cristina são dois exemplos, tanto que o psicólogo não as liberou.

Grey por ter um segredo: perdeu o bebê. Cristina, oras, quem já viu Cristina alguma vez mostrando seu lado humano ou demonstrando ter medo de algo? Isso acontece em raríssimas ocasiões e agora ela vem com a história de querer ser uma mulher comum.

Karev também não está nada bem, apesar de fingir ser o gostosão do pedaço porque tem uma bala alojada no corpo. Ele só não contava que a “little Grey” fosse acabar com sua graça.

Derek, um dos principais afetados, resolveu que não é mais o chefe, age irresponsavelmente ao tratar uma cirurgia séria de forma negligente ao não expor os riscos e ainda corre feito um louco nas estradas.

E se Derek não é chefe, o que foi o “chefe” dançando? Sério, o que foi aquilo? Tinha que ter algo para nos distrair em meio a tanta tensão – e essa cirurgia facial foi… foi… nossa!

Acredito que não vai demorar para que a equipe do Seatle Grace “esqueça” o acontecido, mesmo porque Cristina para surpresa de todos realmente se casou e Meredith vai t-e-r que contar a verdade sobre o aborto.

Ah, e adorei James Tupper em Grey´s, gostava dele em Men in Trees!

E sobre o episódio: Grey´s encerrou a sexta temporada com chave de ouro – e como! – e dá início com pé direito ao sétimo ano.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *