Grey´s Anatomy: Um season finale leve e cheio de… vida!

Acho que meio mundo criou uma expectativa fora do comum imaginando se os redatores da série iriam tentar superar a season finale anterior, que é tipo o melhor final de temporada de uma série desde sempre.

Confesso que não esperei algo bombástico e, quando vi que não era episódio duplo, tive certeza.

E acho que nem precisava ser, a SF foi leve, tranquilinha e pra lá de emocionante por que foi algo sobre a vida. E o amor. Ah, e amizade.

Aliás, teve algo bombástico sim.

Cristina grávida, really? Poderia imaginar tudo nessa vida, menos isso.

Será que ela vai tirar mesmo? Não acredito nessa possibilidade, ela não seria tão monstruosa.

E tem outra: vai conviver com Zola e vai se derreter inteirinha, quem quer apostar?

Teddy beijando o… marido? Eu s-a-b-i-a que ela se renderia, lógico… que mulher não faz isso quando leva patadas? Enquanto o cara se jogava ela dava linha, foi só mandar ela sumir que… hahahah!!!

Karev não toma jeito, criatura difícil. Não sabe definir se é d bem ou um safado, cachorro, sem vergonha. Por isso como brinde sempre se lasca.

Agora fica o “a seguir” sobre Meredith e Derek: se separam? e a criança?

No que resultará a troca dos exames?

Em resumo, adorei! Nem sempre é preciso um episódio cheio de acontecimentos pra ser bom. O simples também faz diferença!

Ah, mais uma coisinha: linda a atitude daquela mãe que ficou pra apoiar a única sobrevivente! Emocionante.

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*