Guerra dos Sexos: Globo achava que seria o maior TiTiTi

8 de novembro de 2012 0 Por Endrigo Annyston

Há muitos anos a Globo cogitava o remake de Guerra dos Sexos. Só saiu do papel porque a emissora ficou contente com os resultados obtidos pelo festejado remake de TiTiTi.

Acreditaram que tinham uma mina de ouro nas mãos.

Se você avaliar bem, os remakes costumam se concentrar na faixa das 18h. Agora, também às 23h.

Às sete e nove, portanto, sobram as produções inéditas. Contudo, porém e todavia, como é difícil acertar, especialmente as sete – nos últimos anos só Cheias de Charme, TiTiTi e Caras e Bocas – acreditaram que uma novela “parecida” com o remake de Maria Adelaide Amaral cairia fácil, fácil no gosto popular.

Não é tão simples assim agradar o exigente telespectador.

Falta “pegada” não apenas em Guerra dos Sexos, Salve Jorge sofre do mesmo problema. Nenhuma das novelas tem algo realmente atrativo, é um emaranhado de mais do mesmo. Sem diferencial.

Uma tem 22,53 pontos ante 29,17 de Cheias de Charme no mesmo período. A outra faz 31,33 contra 34,08 de OiOiOi, segundo dados de O Cabide Fala.

Não é todo dia que nasce uma Carminha ou uma atriz como Adriana Esteves com potencial para parar o Brasil.

Quem vai se salvar nessa guerra por audiência? Sim, é um trocadilho.