Guerra dos Sexos: Guerra de comida foi… sensacional!!

A única coisa que eu conheço da versão original de Guerra dos Sexos é a guerra de comida protagonizada por Fernanda Montenegro e Paulo Autran, momento histórico da teledramaturgia nacional.

Acredito que seja assim para a nova geração. Essa cena foi incansavelmente repetida nas últimas duas décadas.

E eu li que o repeteco, na atual versão, aconteceria na última quarta. Fiquei de plantão e deixaram para o final. Quer dizer, gancho pra quinta.

Aí que perdi o início do capítulo e, portanto, a tal cena. Assisti hoje e dei boas gargalhadas.

A guerra estrelada por Tony Ramos e Irene Ravache não tem o mesmo peso da de Fernanda e Paulo, entretanto, foi muito bem feita e os dois estavam no ponto, bem sabemos que não devem em nada para a dupla anterior. Idem para Marilu Bueno, a desesperada Olívia, que teria que limpar tudo… de novo!

Achei sensacional o fato de mesclarem o presente com o passado, dando a oportunidade de quem assiste apreciar o antes e o depois ao mesmo tempo.

Imaginei, aliás, que deixariam esse momento para quando a trama emplacasse, assim, talvez fizesse mais barulho.

Guerra dos Sexos ainda não caiu nas graças do público, mas eu aposto minhas fichas nesse folhetim. Não é uma Cheias de Charme mas tem potencial.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*