Hawthorne: E eu odeio o Guilherme (1X01)

Lá fui eu inocentemente conhecer a nova série do Liv e super e insistentemente indicada pelo internauta Guilherme. E como eu o odeio por ter indicado mais uma série bacana!

Whatever, isso já nem faz mais diferença em meio a tanta coisa que ando assistindo.

Só que essa história te envolve desde o primeiro segundo com Christina tentando salvar o amigo do seu marido falecido que sofre com um câncer e quer se suicidar porque cansou de tentar curá-lo. E ele realmente se joga – ao final, como não morreu, deixa claro que quer viver.

Em meio a tudo isso ela é perseguida por policiais que não acreditam que ela é chefe de enfermagem.

Depois vem Izabel, uma mendiga (?) que tem certa amizade com Christina. Nem tanto, a enfermeira sequer percebeu que o menino realmente era filho dela.

E o que foi a cena da faca onde depois descobrimos que a criatura tem perna mecânica?

O enfermeiro que ouve o que não deve por causa da médica que não tá nem aí?

Christina mandando darem uma lição na filha bocuda?

A sogra que merecia uns tabefes?

E por fim a cena final com a bela declaração de Christina ao marido, falecido há um ano.

Em resumo, mesmo sendo mais uma história ambientada em um hospital Hawthorne tem pegada e Jada Pinkett Smith, a protagonista, é muito competente. Valeria só por ela.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *