Homem com H

O ‘Casseta & Planeta Vai Fundo’ desta sexta-feira, dia 16, vai falar sobre o universo masculino. Reza a lenda que desfilar na frente de uma construção levanta a autoestima de qualquer mulher, mas quando os papéis se invertem, a história não é bem assim. Duas operárias (Maria Melilo e Miá Mello) usam o seu repertório de cantadas para mexer com um pedestre (Marcos Pasquim). Mesmo com o seu notável porte de galã, ele fica indignado ao ser julgado só por sua aparência. E vai fazer de tudo para mostrar à mulherada que também tem conteúdo.

Homem não chora? Nunca acha outro homem bonito? Verifica se as unhas estão limpas? Uma dupla de policiais (Claudio Manoel e Beto Silva) aborda pessoas nas ruas para verificar se as falácias sobre o comportamento masculino condizem com a realidade dos “machos” brasileiros. Ainda no tema, uma dona de casa (Reinaldo) vai fazer as compras do mês, mas quando chega ao caixa percebe que não encontrou um item essencial nas prateleiras. Antes mesmo que ela reclame, a vendedora (Miá Melo) já anuncia que os itens “homens” estão em falta no mercado.

No gabinete presidencial, a decisão continua nas mãos femininas. Em uma ligação, Dilma (Gustavo Mendes) compartilha com o técnico da seleção brasileira de futebol seu desejo de conquista do hexacampeonato na próxima Copa do Mundo. E a super-heroína Mulé Maravilhosa Woman (Maria Melilo) encara a missão de manter a ordem nas ruas. Ao ver um cidadão indefeso (Hubert) em perigo, ela usa os seus poderes para salvá-lo das mãos de um assaltante (Marcelo Madureira). Seu charme vai conquistar o refém e o malfeitor.

A dupla Bruno e Marrone encerra o episódio do dia cantando a música “Isso é coisa de macho?” No clipe, os cantores presenciam situações engraçadas que acontecem dentro do vestiário masculino.

O ‘Casseta & Planeta Vai Fundo’ é exibido às sextas-feiras, logo após ‘Globo Repórter’. O programa tem roteiro de Claudio Manoel, Hélio De La Peña, Marcelo Madureira, Beto Silva, Hubert e Reinaldo, direção de núcleo de Maurício Farias, direção geral de Claudio Manoel e direção de Mauro Farias e Ricardo de Barros.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *