Insensato Coração: A prisão de Vinicius e… pena que só acontece em novela!

Fiquei emocionado ontem com o desfecho do “caso Gilvan” que culminou com a necessária e merecida prisão de Vinicius.

No entanto, ao mesmo tempo, é impossível deixar de comparar com a realidade sendo que na novela nem foi tão “mil maravilhas” assim.

Vinicius só foi preso porque Kleber usou seu blog, que virou um sucesso, para pressionar a polícia. Não fosse isso ocorreria o mesmo que aqui fora: o caso seria arquivado.

Eu acho que é muito fácil falar para uma mulher denunciar seu marido que a espanca, para um negro, gay ou deficiente denunciar uma agressão verbal ou física, ou qualquer outro tipo de crime, quando bem sabemos que a polícia não dá suporte, não dá segurança à vítima que pode voltar a sofrer nas mãos do agressor.

Ontem me lembrei de uma ocasião onde um cara bêbado entrava na frente dos carros e corria atrás das mulheres que passavam, algo que não ia acabar bem e, portanto, corri na delegacia para pedir que tomassem uma providência. Sabe o que o policial me disse, com cara de deboche?

“Ele quer se matar? E porque você não passou por cima?”.

Sabe, me senti um completo idiota.

Não tem a ver com o caso de Vinicius mas mostra o descaso com que muitas vezes somos tratados.

Pra se conseguir que a justiça seja feita muitas vezes é preciso o apoio da mídia para cobrar e também sabemos que em alguns casos nem assim, veja que políticos do “mensalão” continuam por aí, diversos em cargos públicos.

Enfim, eu queria, no final das contas, destacar o trabalho de Louise Cardoso, Giovanna Lancellotti, Vitor Novello, Polliana Aleixo e Helena Fernandes, talentos que disfarçaram o equívoco que foi a escalação de Thiago Martins e Jonatas Faro.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*