Insensato Coração: Uma morte fodona e o TODOS ACONTECE

Repararam uma coisa?

Algumas semanas após a estreia de Insensato Coração começamos a reclamar por conta do tanto de gente que estava entrando na telenovela.

Uns em participações especiais, como Nivea Maria, outros permanecendo na história mas ainda sem uma função aparente, pareciam meros enfeites.

Eis que agora, quando a trama caminha para a reta final, é possível verificar que Ricardo Linhares e Gilberto Braga não deram ponto sem nó. Os personagens aconteceram e cada um a seu modo foi fundamental para que IC se tornasse imperdível.

É inegável que a virada pós liberdade de Norma aconteceu. Aliás, a dupla Norma e Ismael é um acerto.

A morte de Milton ontem foi de um capricho como poucas vezes se viu. Quer dizer, não me lembro de já ter visto a cara do atropelado em choque com um ônibus

hahahaha

E Ismael deixando Eunice totalmente sem reação?

Tem mais: a tensão que foi a cena de Kleber expulsando os gays do bar. Extremamente real!

A questão é que está só começando, quem leu spoilers por aí sabe que Norma ainda vai aprontar horrores.

TODOS VIBRA



2 comentários em “Insensato Coração: Uma morte fodona e o TODOS ACONTECE”

  1. Concordo plenamente. Tbm Amei a morte de Milton.

    É por isso que o Gilberto Braga é o meu Autor de Novelas Favorito.

    Ele é um gênio.

    Pra mim, o que podia ser mudado em IC é o Pedro. Aff, o Eriberto Leão é muito ruim.

    Abraço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *