IC tem muito sexo e pouca história pra contar

23 de março de 2011 1 Por Endrigo Annyston

É crítica a situação de Insensato Coração, confesso que tento assistir a um capítulo inteiro dessa novela e realmente não consigo. E esse excesso de atores enfeitando sem nada a dizer de significativo é uma das coisas que mais me irritam na dramaturgia atual.

Manoel Carlos lançou a moda dos elencos gigantescos e depois os outros autores foram seguindo, com exceção do Benedito e do JEC. O telespectador acaba por não criar vínculos com todos os núcleos da novela, o que não permite um envolvimento maior. E isso em IC é bem gritante, pois se tem uma dezena de núcleos e quase nenhum capta a atenção do telespectador.

Além do mais, o excesso de sexo chega a assustar. Os autores estão apelando, cometendo um erro que eles já tinham cometido nas primeiras semanas de Paraíso Tropical, cuja audiência só deslanchou depois que eles reduziram esse ritmo kama-sutra. Ou seja, dois autores experientes se valendo de um recurso que já se mostrou fracassado em novela diversas vezes.

E o pior é o padrão Globo de qualidade legitimar isso. IC tem muito sexo a mostrar até o momento, dezenas de personagens esbanjando libido e pouca história para contar, vejoVale Tudo e nem parece q se trata do mesmo autor

* do internauta Prof. Bruno Matos