Keila Lima lava roupa suja com total dignidade em despedida da Rede TV

Causou barulho a despedida de Keila Lima na Rede TV.

Para as pessoas comuns teria passado despercebido, a apresentadora falou calmamente e cheia de dignidade.

A questão é que, prestando atenção, disse o quão massacrante foi tentar tornar Daniela Albuquerque uma apresentadora na difícil missão dada por Mônica Pimentel.

Foi ainda mais objetiva por reclamar claramente das condições de trabalho oferecidas pela emissora com 12 horas diárias de trabalho e aquele fato que todo mundo conhece: salários atrasados com frequência.

Foi nesse momento que a primeira dama do canal surtou e começou a falar por cima da colega de trabalho, só que… bem, Keila fez questão de continuar sua despedida.

Analisando friamente não vi nada demais, foi uma despedida bem menos polêmica que a de Adriana Lessa.

Mas o que me questiono sempre é: se não está bom, porque não pedir as contas? Porque aturar tudo isso? Apenas por estar no ar?

E não é uma questão que atinge somente a Rede TV: muitos quando saem de um canal falam horrores.

Não dou muito crédito pra quem faz isso quando a parceria termina.

Sou muito mais Hebe, Adriane Galisteu e Faustão que botam a boca no trombone e dão a cara a tapas para quem quiser ver e ouvir.

Insisto, achei a despedida de Keila digna, mas poderia ter pulado fora do barco antes. Quem não se solidariza com o fato de a coitada, como profissional, ter que aturar a outra que se formou na base do Toddynho?

Ai que dó, que dó…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *