Laços de Família: Um final horrível para uma grande novela

Laços de Família: Um final horrível para uma grande novela

15 de novembro de 2016 2 Por Endrigo Annyston
Que coisa mais boring o final de Laços de Família. Não me lembrava que era tão ruim e morno.
O único grande acontecimento foi o transplante de medula de Camila. Faltava um vilão doido para dar um gás.
Por exemplo: era o momento ideal para o surto de Clara. Ou seja, com Helena já tendo trazido Vitória ao mundo. Somente assim ela poderia escorraçar a ladra-prostituta-hipócrita.
Seria uma cena e tanto, e senti falta de Clara levando uma boa surra. Seja da Helena, da Capitu. De qualquer pessoa.
E a Silvia? Gente, eu tinha até me esquecido da existência dela, apesar de lembrar que Maneco havia deixado Eliete Cigarini de lado. Não me recordava que era literalmente, tanto que até me esqueci da personagem. Uma pena. Silvia poderia ter pintado e bordado.
Mas o capítulo teve, sim, um surto, de Ciça. E ela esta certa: Miguel foi muito bocó em relação à  Helena, que não foi legal com ele. Ela o traiu e mentiu. Poderia tê-lo avisado de tudo enquanto Pedro estava ausente. Rompia e ia para a cama com o outro.
Ah, e a Alma? Como ficou passiva, bocó. Não gostei. Tinha que aceitar Danilo, mas deveria ter exigido que ele trabalhasse para sustentar as crianças.
E o outro, deixando a Antonia para voltar com a ex?
Estela não teve direito nem a casamento. Alma prometeu tanto um grande acontecimento, como o do Edu.
Sinceramente… uma grande novela, mas o desfecho, eu passo.