A Liga se mostra responsável ao falar de drogas

Que diferença do programa sobre prostituição, hein? Naquele dia A Liga  não teve o cuidado de mostrar o lado ruim das “pessoas de vida fácil”.

No entanto, isso ocorreu ontem, com o programa sobre drogas.

Acho que foram corajosos ao abordarem o tema de forma extremamente explícita falando sobre usuários, os tipos de droga, os efeitos que causam – os positivos, de acordo com usuários, e os maléficos.

Também achei bacana o fato de muitos que deram depoimento recomendarem que essa não é uma opção legal, que não gostariam de ter se viciado e que desejam mudar.

E mostrou gente, digamos… bem lá no fundo do poço, né?

Sabe, não entendo quem usa drogas. Qual a vantagem de segundos, minutos ou algumas horas de loucura sendo que depois voltamos pra nossa dura realidade? Quem usa tá enganando quem?

Prefiro meu “vício” em chocolate. Dá pra controlar, né? Não quero ficar gordo feito um porco e muito menos com espinhas, enfim…

Vai do gosto do freguês!

Parabéns à equipe de A Liga!



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *