Loucura da Band com o MasterChef Brasil tornou o Batalha dos Cozinheiros um fracasso

Buddy Valastro quis cantar de galo e se deu mal. Antes da estreia do Batalha dos Cozinheiros, e talvez em função dos bons resultados do Batalha dos Cozinheiros no ano passado, ele disse que tinha pena do MasterChef Brasil.
Ocorre  que a situação do reality show dele é que é de dar pena: registrou somente 4 pontos nesta terça-feira.
Mesmo em época de Olimpíada, o MasterChef Brasil fez 6 pontos. Isso é resultado da estratégia da Band, que desistiu de veicular dois episódios por semana por um motivo óbvio: não entregar o ouro para a Record.
Para um formato dar certo na TV, é preciso acertar na estratégia, e os dois canais erraram. Primeiro, a Band, por lançar o MCB enquanto estavam no ar Big Brother Brasil e Power Couple Brasil, embalados.
Somente com o final dos dois programas a terceira temporada do MasterChef Brasil cresceu. A questão é que a Record não aprendeu com o erro da concorrente, e estreou o Cozinha quando o Master estava começando a embalar.
Como consequência e vendo que estava levando a melhor, a Band optou por manter os episódios semanais – e acertou desta vez. Sim, o Masterchef perdeu pontos e deixou de ameaçar a liderança agora, por causa da Olimpíada, mas leva a melhor contra o Cozinha.
Aliás, o problema da Record – assim como a solução – é ter Gugu às quartas, dia em que no ano passado o Batalha dos Confeiteiros foi bem. Por isso, nem Xuxa ou o reality de doces puderam usufruir deste dia por causa dos números registrados por Gugu.
Ou seja, sobrou a terça-feira. E foi assim que a Record queimou o Batalha, e a Band, apesar do erro inicial, levou a melhor com o MasterChef.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *