Macho Man e o melhor episódio da temporada

Tenho criticado a série Macho Man, no entanto, preciso reconhecer que a série tem crescido nas últimas semanas e, sexta, exibiu seu melhor episódio. Redondinho, inspirado.

Confesso que continuo achando que Jorge Fernando poderia fazer melhor. Sinceramente seu ex-gay não me convence porque acho que se ele simplesmente surgisse como ele próprio seria muito mais engraçado, pois, de fato, Jorginho é hilário.

Fréderic, de Roney Facchini passa mais verdade e é muito mais engraçado. Exemplo: bateu um bolão com as babas no bolo.

Em compensação acredito que Marisa Orth  finalmente está matando Magda com sua ex-gorda. Imagino que o fato de ter mudado a cor do cabelo tenha ajudado para isso, mas não tanto. Ela realmente está passando a dramaticidade necessária.

Mas vamos combinar uma coisa? Um verdadeiro achado, mesmo, é a Nikita de Natália Klein.

Se na sexta Macho Man teve seu melhor episódio foi graças ao trabalho da atriz e, claro, ao texto inspirado de Fernanda e Alexandre.

Rolei horrores com as palminhas, o piercing de bolotinhas e especialmente com o “dá pra vinte comer” hahahaha

Espero que a produção continue assim, nesse ritmo gostoso, afinal, Macho Man terá segunda temporada. E é bem isso quer a gente quer: rir horrores!

One thought on “Macho Man e o melhor episódio da temporada

  1. Para (do verbo parar porque perdeu o acento com a nova ortografia) por aqui. Voce que neste 'post' disse que o melhor foi o dia da baba no bolo e se dava pra vinte comer… Esse seriado nao merece uma nova temporada, eh um desrespeito ao telespectador que procura algo engracado para entretenimento na televisao… por favor, eu acho que voce estah assitindo a um outro programa… rs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *