Maria do Bairro deve estar morta de inveja da Paloma

Maria do Bairro, Maria Mercedes, Rosalinda tem uma coisa em comum além de serem protagonizadas pela Thalia: em todas essas novelas as protagonistas dão uma passadinha no hospício. Só que nenhum dos hospícios dessas novelas, que são mexicanas, é bom frisar, é assim digamos tão exagerado quanto aquela clínica em que a Paloma esteve internada antes de ter sido heroicamente resgata pelo seu grande amor. Ponto para a Paloma.

Maria do Bairro teve uma depressão pós-parto e deu o filho dias depois que ele nasceu. Quanto sofrimento, mas ela não contava com a astúcia da Paloma que teve o filho em boteco de quinta categoria, no chão do banheiro e ainda teve a criança roubada pelo próprio irmão. Mais um ponto para a Paloma. Maria depois de anos recuperou o seu filho, sofreu é claro, mas pelo menos tinha a certeza de que estava diante do filho. E olha que naquela época o exame de DNA nem estava em uso. Paloma também achou sua filha depois de anos, até fez um DNA às pressas que comprovou que a menina era mesmo sua filha, depois  veio um outro falsificado que provou o contrário e a menina foi mais uma vez tirada de seus braços que ficaram abertos e ávidos de carinho. Nossa que drama, mais um ponto para a Paloma. E não acaba por aí, quando estava começando a se dar bem com o Bruno, prestes a formar uma família feliz com ele e a filha, eis que vem o sequestro da Paulinha, depois vem a cadeia e depois o hospício, quer dizer  a clínica psiquiátrica.

E  não deve parar por aí, porque tem novela até o fim de janeiro. Que Deus Nos Acuda. Portanto, Maria do Bairro, morra de inveja, pois apesar de com muita honra por ser a Maria do Bairro,  que saiu de seu bairro para poder comer e ter que aturar a Soraya Montenegro, ainda assim a Paloma ganha o campeonato de sofrimentos e de quebra o de passar por situações bizarras. E pra quem não viu ainda, Maria do Bairro estará de volta dia 23 de Setembro, mas se você não puder ver dessa vez não fique triste porque daqui a um ano e meio o SBT passa de novo. Fico por aqui, um abraço a todos e até a próxima.

* Gilmar Moraes

4 Comentários

  1. a Paloma tem um Q de Maria do Bairro mas é muito Paulina Martins da Usurpadora perdoa todos os vilões que fazem barbaridades com ela tipo o Ninho sequestra minha filha mas eu me despeço dele no Aeroporto meu pai me coloca em um hospício eu levo choque elétrico(por isso a Maria do Bairro tb não passou vai morrer de inveja) mas eu perdoo depois de uma conversinha
    e ainda tem a cadeia toda protagonista de novela mexicana vai pra cadeia por um crime que não cometeu.
    mas mexicana essa novela brasileira não poderia ser
    ass Cláudia Taissa

  2. Olha, graças a Deus o calvário da Paloma se resolveu rápido. Foi tipo um temporal que passou rápido. Mas eu gostei de uma coisa: parece que o Walcyr tá retomando as traminhas paralelas (da altista, do casal Judeu/muçulmano, do trio Amarylis/Casal Gay…). Eu gosto dessas traminhas, tem boas atuações. Acho que as coisas vão se acertando rumo ao fim. Se não é uma grande novela, passa longe de ser um fracasso salvejorgiano. =Gonzo=

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*