Me fez sentir: Chegadas e Partidas #retro2011

24 de janeiro de 2012 0 Por Endrigo Annyston

Cada um tem uma história, dizia a chamada de uma das novelas de Manoel Carlos. E se cada um tem algo pra contar, do passado ou do presente, bem, então a vida de quem for colher elementos para um livro, novela ou reportagem, nada melhor que um local onde diversas opções estejam a disposição.

No caso de um programa de TV é preciso dedicação. Nem todo mundo quer compartilhar sua vida assim como alguns simplesmente não podem ou não querem dividir algo que renda uma matéria, prefere contar algo mais simples. E a TV precisa de coisas que sejam do interesse da maioria.

Por isso não é fácil a vida de Astrid Fontenelle. Pra quem assiste ao Chegadas e Partidas é impossível imaginar o que deve ser o dia da apresentadora em um aeroporto. Parece fácil, mas, se fosse, sua equipe não passaria tantas horas caçando boas histórias.

E por insistirem, pela dedicação e amor que tem pelo projeto, selecionam as melhores, mais emocionantes e inspiradoras para irem ao ar. Como já disse, é um programa que faz pensar e, ao mesmo tempo… faz sentir!

Grande destaque da TV em 2011, não a toa já teve duas temporadas num curto período de tempo!

* Para quem não sabe, quando gosto muito de algo a ponto de me emocionar e me envolver, uso o slogan da Warner Channel e digo que tal coisa “me fez sentir”. Esse é o “Retrô 2011” do Cena Aberta!!