Me fez sentir: O Astro

Eu nunca tinha ouvido falar sobre essa telenovela, entretanto, como muitos adoradores de folhetins cresci ouvindo falar sobre Janete Clair. Nunca tinha conhecido de fato seu trabalho.

Obviamente já tinha visto remakes como Pecado Capital e um pedacinho de Vende-se Um Veu de Noiva no SBT – enquanto estava boa – mas, enquanto adulto, O Astro foi minha estreia. E amei, amei intensamente, tanto quanto Regina Duarte se dedicou ao maior papel de sua carreira, Clô Hayalla.

Meu Deeeeus, que delícia, que prazer acompanhar tantos moooonstros sagrados como Regina, Rosamaria Murtinho, Tato Gabus Mendes e Francisco Cuoco juntos.

E a nova geração? Carolina Ferraz, Marco Ricca, Carolina Kasting… Rodrigo Lombardi!!

Incrível a evolução desse ator, especialmente nas últimas cenas de Herculano.

Foram muitas, muitas as emoções. O Astro foi a produção televisiva que mais me fez sentir em 2011.

Inesquecível define.


* Para quem não sabe, quando gosto muito de algo a ponto de me emocionar e me envolver, uso o slogan da Warner Channel e digo que tal coisa “me fez sentir”. Esse é o “Retrô 2011” do Cena Aberta!!



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *