Michael: Um ano de morte e nascimento de um mito

*por Emanuelle Najjar 
Dia 25 de junho de 2009, um dia inesquecível para muitos: a morte do rei do pop Michael Jackson. Ou como preferem alguns, o definitivo começo do mito. Todos nós sabemos o que acontece quando um ídolo morre, e no caso dele pudemos ver todos os ângulos.  
Falo não apenas como jornalista mas também como fã desde tenra idade. Michael Jackson faz muita falta. Nesse meio tempo já escutamos alguns nomes que se arriscariam a ser também um rei do pop. Nomes como Justin Timberlake ou Justin Bieber, apenas como possibilidades muito vagas, tão remotas quanto os ditos populares “nem que a vaca tussa”.  
Simplesmente estamos falando de alguém que deu o passo definitivo para tornar-se mito. E como mito, torna-se insubstituível.  
Uma vida sofrida e conturbada, o talento latente e polêmicas mil. Bem mais do que todos os acontecimentos que o fizeram viver no limite de todos os rótulos e o tornaram quase um ser folclórico, foram o seu canto e sua dança que permaneceram. Como todo mito de cultura pop, já rendeu milhões após a morte, passou a ser amado tanto por modinha quanto por genuíno reconhecimento e teve seu passado de polêmicas não confirmadas perdoado, como algo pelo qual nunca mais será ultrapassado como aconteceu em vida. 
Finalmente: um ano de perdão, reconhecimento e também o merecido descanso se você  leitor acreditar no que possa haver depois da morte. De Michael permanece sua voz rascante, seus passos de dança, a explosão de energia dos palcos, de como quem talvez se libertasse de algo que só ele mesmo pudesse saber o que era. Tudo imortalizado por milhares de imagens e pela memória de seus fãs e todos os que possam ter vivido o mito.  
Inesquecível, como só alguém como ele pode ser.

__________________________________________________

* Perfil: Emanuelle Najjar – Jornalista, formada pela FATEA em 2008, pesquisadora da área de telenovelas. Editora do Limão em Limonada (limaoemlimonada.com.br)


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *