Mudanças que não fariam a Record perder telespectadores

11 de julho de 2012 0 Por Endrigo Annyston

Caraca, como é difícil montar uma grade com alguma coisa inédita. Vamos lá, vou montar a minha na tv Record, nas demais, como assisto muito pouco, ficaria um pouco complicado e melhor não meter o bedelho.

-na parte de manhã não mexeria em nada, está bem do jeito que está. Só um pouco o foco nos temas jornalísticos. A Record já tem musculatura nesses horários pra fazer essas alterações sem perder telespectador. É só fazer as mudanças de forma indelével e gradativa.

– o período mais crítico seria o da tarde. Nesse horário já foi tentado de tudo, mas nada parece resolver o problema. Na minha opinião a emissora deveria criar um programa ao estilo do antigo “Tudo a ver”. Um programa de variedades, leve e com foco no jornalismo. Alguns jornalistas da Recordnews apresentariam o programa- os mais cotados ao meu ver seria: Fabiana Panachão, Amanda Françozo. uma presença masculina, levaria o Eduardo Ribeiro, um bom jornalista que tem desenvoltura para transitar em todos os assuntos. Dá pra ver que é uma turma essencialmente nova, mas a idéia é essa mesmo: renovação. O Cidade Alerta seria mantido, mas com menos tempo de duração. Nesse novo modelo aposentaria o seriado “Todo mundo odeia o Chris” e o levaria para o domingo, junto com Pica-pau, em transmissão semanal.

-no período noturno manteria duas novelas no ar, mas sem a parceria com a Televisa, que limita muito a produção criativa da emissora com criações de remakes. Faria algumas mudanças no JR pra destoar um pouco do JN. O formato é muito detalhadamente semelhante ao informativo global e não acho isso legal. Migraria o horário dos realitys para as 9 da noite e deixaria as séries pra mais tarde. Por fim, a novela ficaria no mesmo horário, as 10:15 e após os programas habituais da casa em seus respectivos dias. Essa seria minha programação, não perfeita porque estou levando em conta também a viabilidade de se manter no ar com audiência ao menos razoável.

* do internauta Ary Nunes