Mulheres Ricas: Totalmente Teatral (2×02)

16 de janeiro de 2013 0 Por Endrigo Annyston

Neste segundo episódio tivemos dois momentos interessantes, um envolvendo Narciza Tamborindeguy, lógico, e outro envolvendo Aeileen Varejão (ainda inconformado com este “nome artístico”).

O momento deste episódio era de Narciza, afinal era seu aniversário, e dizem as más línguas que a festa inteira foi bancada por seu amigo, Ricardo Rique. Com a presença da high society carioca, tudo estava dentro dos conformes e com muito “Ai que loucura!”, “Ai que absurdo!”, “Ai que Batista”, e o bordão criado na série, “Badaloooooo”.

Mostrando o dia inteiro da mulher, acompanhamos até sua visita ao dentista, que nos rendeu ela louca (mais?!) com o gás, e ela simplesmente expulsando dois avulsos que estavam no elevador, só para subir sozinha. Tudo no bom humor sempre.

A festa foi seu momento, com direito a seu namorado sempre equilibrado ao seu lado, Guilherme Fiuza, e a presença do cantor Paulo Ricardo. Mas não foi só ela quem brilhou nessa festa…

Aeileen e a mãe, Erika Kunkel, chegaram cedo e com violão nas costas. Agora, parar a festa para fazer cantoria onde havia até uma bateria de escola de samba? Depois ainda reclamou que ninguém lhe deu atenção…

Mas o melhor disso tudo é que ela finalmente caiu em si, ou melhor, foi jogada em si, de que não canta bem em um momento que Cozete Gomes foi sincera e ainda se ofereceu para ajudá-la. Aeileen ficou com uma cara de pastel e Erika passada, mas amor de mãe sempre vê o lindo dos filhos… Só nós uqe não somos obrigado e seria melhor exagerar no autotunes nas apresentações dela, viu Band?

Antes da festa acompanhamos Cozete em uma sessão de fotos e o que foi aquilo? Tudo bem, cravejada de rubi, mas com um mal gosto bizarro. Fazer o que śe é rica, não é mesmo? O melhor foi ler os comentários de Val Marchiori no twitter (pedras de plástico da 25 de março).

Mariana Mesquita estava linda, mas a coitada levou dois bolo do marido, Luizão. Parece que ela não conseguirá dizer a ele que irá ser atriz, ele querendo ou não. Seria esse o motivo da separação? Será que acompanharemos momento tão íntimo na série?

Impossível mesmo é não rir de Ricardo (outro, mas este parece o Sebastian, da C&A). O cara fez de tudo para agradar Mariana, mas o melhor é vê-lo se desdobrando e sempre ressaltando que trabalhou com gente grande, com muitas festas, com Paris Hilton…

“O que cai que nem uma uva… LUVA!” – Andréa

Andréa de Nóbrega fica na ala dos fortemente medicados. A cena dela de quatro no tapete penteando as franjinhas foi surreal, principalmente em toda sua alegria enquanto explica que detesta aquilo, pois parece que o tapete tinha um corte de cabelo mal feito.

O desfile de sua filha, Maria Fernanda, foi normal, ela deixando claro que não gosta de exageros por ela ser muito nova também foi bom. Mas já imagino a menina querendo uma carreira de modelo, desfilando para uma grife famosa e então a mãe no fim da passarela berrando para a menina ir lhe dar um abraço.

Já o seu momento de desespero no jatinho por conta de ter de irem de ponte área em Guarulhos foi muito falso, estava na cara que foi colocado só para “causar”. Será que voltaram a cena muitas vezes?

E por fim tivemos o retorno de Val e Duda ao reality show. É interessante o seu retorno, pois por mais que critiquemos o seu jeito, ela dá uma pitada bizarra a tudo aquilo. Nada é crível, tudo teatral, mas dá um bom contraponto as outras mulheres.

“Mulheres Ricas” continua divertindo, continua fútil, continua lindo, continua teatral… Vale só para rir e esperar para ver qual será a próxima maluquice dessas mulheres.

Danilo Artimos
Episódios Comentados
– @DanArtimos
– @EpiComTV