O ASTRO – Herculano fecha negócios escusos e sai pela tangente

Herculano (Rodrigo Lombardi) sabe jogar. Depois de enganar Samir (Marco Ricca) sugerindo um colegiado contra Márcio Hayalla (Thiago Fragoso), deixando seu inimigo pensar que poderia se beneficiar, Herculano combina com Márcio uma virada. A dupla faz os irmãos Hayalla pensarem estar diante de um novo truculento presidente, que, não por coincidência, lembra seu pai, Salomão Hayalla (Daniel Filho). Porém, por baixo dessa confiança que Márcio deposita no bruxo, Herculano Quintanilha está tramando contra o grupo e a seu favor.

Um empresário argentino, dono de uma reputação duvidosa, está em contato com Herculano. O argentino representa o maior concorrente do Grupo Hayalla e é com ele que o rei da ilusão fecha negócios escusos. Porém, Samir está de olho nos seus movimentos, e, ao interceptar uma ligação, consegue gravar uma conversa de Quintanilha com o argentino. Ele tem a prova: a intenção é de desvio de dinheiro do grupo brasileiro para a conta de Herculano em troca de uma ajuda ao argentino contra os Hayalla. Samir mostra a gravação para Márcio, que convoca imediatamente uma reunião. Mas Herculano é esperto e sai pela tangente. Diz que o objetivo não era outro que não blefar, para, assim, atrair o interesse de outros grupos de negociantes da América do Sul. Samir fica boquiaberto com a destreza de Herculano e percebe que terá que se esforçar muito mais para conter a fome pelo poder de seu rival.

As cenas foram gravadas na Central Globo de Produção, no Rio de Janeiro, e devem ser exibidas a partir de quarta-feira, dia 31. ‘O Astro’ tem direção de núcleo de Roberto Talma, direção geral de Mauro Mendonça Filho e direção de Fred Mayrink, Allan Fiterman e Noa Bressane. A releitura da obra de Janete Clair é escrita por Alcides Nogueira e Geraldo Carneiro.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *