O beijo gay e um problema que vai além das telas da TV

Mais uma vez a temática envolvendo a homossexualidade voltou com tudo. De um lado a aprovação tardia da união homoafetiva com direitos iguais aos dos heterossexuais.

Do outro, o beijo gay na TV.

E essas duas discussões sempre me levam a um único questionamento: o que as pessoas tem a ver com o que fulano faz de sua vida?

Se um homem quer beijar um outro ou se simplesmente as pessoas desejam viver em um bacanal, isso muda em que a vida de um outro alguém?

Eu disse no Twitter e repito: se as pessoas cuidassem mais de seus próprios casamentos e menos da vida alheia teríamos menos divórcios!

É uma coisa lógica, enquanto uns rateiam e fazem cara feia o povo tá é beijando móóóóinto e cuidando da pele! Quem tá errado?

Acho, inclusive, que essa temática se soma a discussão atual por conta das práticas de bullying que podem terminar em tragédia.

Quantas vezes só neste ano vimos que homossexuais foram agredidos na Avenida Paulista? E quantos outros perderam a vida unicamente por gostarem de alguém do mesmo sexo?

Eu acho que muito desse preconceito vem da falta de informação e, portanto, acredito que a sociedade deveria se unir. As escolas deveriam falar mais sobre o assunto e a TV poderia fazer bem mais que mostrar um simples beijo gay.

É preciso discutir, debater. Já é até tarde para isso, mas é bem melhor fazer isso agora que nunca.

É aquela velha campanha pela vida, eu cuido da minha e vocês das suas. Bora?

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*