O Brado Retumbante: A volta por cima de Antonia

26 de janeiro de 2012 0 Por Endrigo Annyston

A gente teve pouca oportunidade de conhecer o casamento de Paulo Ventura e Antonia antes de ele ter que assumir o cargo de presidente do país. O máximo fica em torno do que ela diz sobre as traições – e a gente bem sabe o quanto ele fica louquinho quando vê um novo rabo de saia – e a difícil relação com Julio, explicada no capítulo da última terça. Emocionante, aliás.

Ontem, num capítulo que entrou pra lá de meia noite – porra, Globo!! o foda é que vale a pena … – vimos que aquele homem saindo da cama de Antonia durante o congresso não era apenas um casinho, coisa de uma noite.

Com a terapeuta ela declarou estar sentindo que estava rolando um algo mais. Incentivada pelo marido, em um novo congresso, fica mais uns dias fora – ele queria aprontar e se lascou – e, em nova consulta, diz que ficou todos os dias com ele e já não sabe o que fazer para continuar ao lado de Ventura.

E isso fica claro na dificuldade com que ela lidou com o presidente nas últimas cenas juntos. Convivência difícil.

E eu acho que Antonia é aquela mulher conhecida como “mulher pra casar” e, Ventura, galinhão, ou não soube reconhecer – e parece que sim, ele sabe o quanto ela é especial – ou é um devasso. Segunda opção ganha.

Uma mulher como ela acarreta na gente um sentimento de “ela merece coisa melhor” – apesar de ele ser um político decente – e, por isso, eu particularmente estou vibrando com essa volta por cima da personagem.

Aí que, ao mesmo tempo em que estou ansioso pra ver a reação dele quando Antonia revelar sobre seu relacionamento… tem o bapho da traição do genro na maior caruda.

Ou seja, penúltimo capítulo de O Brado Retumbante tipo imperdível hoje!