O que Cheias de Charme tem?

Confesso que não botei muita fé em Cheias de Charme quando li sobre o enredo. Não me parecia interessante passar meses vendo a história de um grupo de empregadas domésticas que se formariam e virariam cantoras.

Fiquei curioso quando descobri que a talentosíssima Claudia Abreu também estaria na novela e interpretaria uma cantora de música tecnobrega, mas ainda assim não esperava muito.

Além de tudo, era uma novela vinda de dois autores novos. Pode parecer estranho, subestimar a Globo e imaginar que ela daria um tiro no pé colocando algo ruim no ar. Mas o fato é que ela já fez isso antes com Bang Bang, Aquele Beijo e afins. Aliás, até no horário das oito a Globo já pecou. Fina Estampa esteve no ar para provar a teoria.
Quando entrou em cena essa novela absurdamente gostosa de se assistir, com personagens engraçadíssimos e que com certeza serão inesquecíveis, trilha sonora excelente e todas as outras qualidades de Cheias de Charme, a surpresa foi maravilhosa. Se eu já esperasse por isso, o impacto não seria tão grande.
Filipe Miguez e Izabel de Oliveira capricharam na criatividade na hora de criar essa história, e isso conseguiu cativar o público. E já conseguiram provar isso de todas as maneiras, incluindo na audiência. Cheias de Charme tem ficado acima dos 30 pontos. A última novela realmente boa do horário foi Caras & Bocas, mas que perde o posto de melhor novela do horário nos últimos anos para CDC. Não tem pra ninguém.
É impossível não se cativar pelas Empreguetes e torcer pelo fracasso da “querida” Chayene. Torcer pelo fracasso, mas sem deixar de adorar as loucuras da cantora mais amada do Piauí. Claudia Abreu está arrasando no papel, Chayene é uma das personagens mais hilárias que já vi. Foram inúmeras as cenas que me fizeram gargalhar, se eu citasse todas ficaríamos aqui por um bom tempo. Mas lembro apenas aquela cena onde Chayene e Socorro tomam chá de Ferra Guela e ficam sem voz. Impossível não rir! A junção dessas duas é um achado! De Sobradinho para o mundo.
E o sucesso da personagem de Cacau nem de longe tira o brilho das três Marias. Taís Araújo, Leandra Leal e Isabelle  Drumond estão perfeitas em seus papéis. Penha, Rosário (também conhecida como Rosalba, Roxana e Romilda) e Cida também caíram no gosto do público. Não conheço uma pessoa que não conheça a música das Chumbreguetes.
Também não posso deixar de citar a boa atuação de Malu Galli, Marcos Palmeira, Humberto Carrão, Alexandra Richter, Titina Medeiros, entre outros.
Cheias de Charme virou mania nas redes sociais, nas rodas de conversa e na audiência. E mais justo que isso, impossível. O hit “Vida de Empreguete” virou toque de celular, já cansei de ouvir celulares alheios com o tema das Empreguetes. Aliás, todas as músicas “bregas” da novela grudam na cabeça.
Ex my love, ex my love…
Por: Thiago Freitas, interino


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *