O SBT e uma crise que não é dele

20 de novembro de 2010 0 Por Endrigo Annyston

Nos últimos dias uma bomba caiu nas mãos do empresário Silvio Santos: O PanAmericano, que faz parte do Grupo Silvio Santos, enfrenta sérios problemas.

Enquanto as notícias pipocam pela mídia, vi esse caso sendo comparado ao SBT. Achei um absurdo.

A única relação é o fato de as duas empresas serem de Silvio Santos, mas, apesar de ambas estarem em crise, não há como comparar.

O banco, ao que parece, entrou em crise porque alguém passou a perna no patrão. Já o SBT perdeu a segunda posição – merecidamente – porque quem joga contra sua própria empresa é ninguém mais, ninguém menos, que o mesmo Silvio Santos que a controla.

Ou seja, de um lado a traição e do outro um patrão que está perdido.

Podemos sim dizer que Silvio Santos pode ter errado ao confiar em quem não devia, mas como saber sem tentar? Com tantas empresas, obviamente é necessário delegar funções… e confiar.

Só que, definitivamente, SS não tem culpa no caso PanAmericano, no entanto, são admiráveis suas atitudes desde que a crise chegou a público: quer honrar com todos os seus compromissos.

E eu acho que ele tem tudo para se sair vitorioso no final desse impasse, diferente do caso SBT. Esse eu acho que não tem mais jeito.