#oreidogado: Isso que é novela!

Ontem eu disse no Twitter:

Um tempo em que não só as novelas eram boas, mas que a gente vibrava até com as aberturas, né? Ah se não fosse o Canal Viva!

E não é?

A única novela imperdível nesse momento, para mim, é Vale Tudo. Tá tipo cheia de muitos bafos: reencontro de Ivan e Raquel, Raquel e Helinha, a volta de Afonso e a bisca nova com a coroca velha e tal.

Por Amor era uma delícia, realmente gostava de rever, mas não era imperdível – salvo algumas exceções.

Mas o Rei do Gado é assim e, só pela estreia, tivemos certeza disso. Era uma mistura de saudade com a alegria de poder rever essa grande obra da teledramaturgia.

Hoje a gente assiste a estreia de um folhetim e gosta, daí fica uns dois meses sem curtir até que o trem finalmente engata – quando engata.

Antes o negócio já acontecia desde o início e continuávamos vibrando, tanto que as produções se tornaram inesquecíveis.

Ora, como Por Amor irei assistir O Rei do Gado pela terceira vez.

É muito? Não acho, especialmente em um momento em que ganha mais quem tem a oportunidade de conferir essa que é uma novela de verdade.

Só um detalhe: o que era a atuação de Letícia Spiller? Tipo cara de dor de barriga, né? #medo



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *