Palmirinha diz que foi desrespeitada na TV Gazeta

Impossível não admirar ainda mais Palmirinha Onofre depois da entrevista que essa fofura deu na madrugada desta segunda ao De Frente com Gabi.

Que história de vida!

Apanhava da mãe que tinha ciumes dela com o pai, foi dada pra que uma francesa lhe criasse, voltou para a mãe aos 16 anos porque ela queria lhe roubar o dinheiro da poupança. Sem a grana, vendeu Palmirinha para um homem por cinco mil.

E pensa que acabou?

No dia do casamento já deu de cara com três amantes do marido na porta de casa e, nos anos seguintes, viveu apanhando, além de trabalhar em diversos empregos para criar as filhas.

Só se libertou do carrasco quando terminou de casá-las, acreditava que ser separada as prejudicaria. Ainda enfrentou um câncer.

E isso porque eu resumi, tá bom? Foi emocionante e de cortar o coração ouví-la falando.

Palmirinha em diversas ocasiões se mostrou ressentida com a TV Gazeta, emissora onde afirmou ter sido desrespeitada. Disse várias vezes que só após sair da emissora descobriu o tanto que era querida, especialmente por ser tão recebida em diversos outros canais.

“Onde eu trabalhava eu não tinha valor, agora sou alguma coisa”, disse.

Não exibiram nem sua despedida, como já sabíamos, e ainda lhe cortaram o microfone.

Pensem: uma senhora de oitenta anos que tinha que cuidar sozinha de tudo em seu programa de TV.

Pena que a SKY não tem o Bem Simples, bom seria se a TV Cultura exibisse o novo programa da “amiguinha”, já que tem parceria com a FOX.

Pena, especialmente, por ter faltado humildade à Ana Maria Braga e Boninho. Não chamaram a culinarista e apresentadora nem pra uma participação especial.

Dos males o menor, Palmirinha virou um ícone pop e eu só posso desejar que tenha muito sucesso nessa nova fase de sua vida.

Depois de tudo o que passou, mais que merece!

Parabéns também a Marília Gabriela que soube respeitá-la. Valeu ir dormir um pouco mais tarde!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*