Parenthood: Que sonho ter um pai como Adam (2X03)

8 de outubro de 2010 0 Por Endrigo Annyston

Acho que Adam Braverman é um dos melhores pais da ficção. Carinhoso, atencioso, prestativo. Aliás, não apenas como pai, Adam é admirável como ser humano.

Mesmo quando erra ele tenta ajeitar as coisas de alguma forma.

Achei bem bonito ele tentando um contato com Max, aliás, exigindo que existisse esse contato, mesmo desprezando o quanto isso é difícil para o menino.

Mas não é que ele bateu o pé e de repente Max abriu a torneirinha e não parava mais de falar?

Achei um barato também Sarah tentando melhorar seu relacionamento com Amber, mesmo eu tendo certeza que ia acabar em meleca. E deu tudo certinho, salvas por “Jesus”!

Isso significa que Lafayette perdeu Jesus em True Blood?? Acho que o ator poderia ao menos mudar o visual, né? Só faltou fazer Sarah ter umas visões de magia negra rs

Também gostei de Joel deixando de ser um “bobão” e mostrando para Julia que ele também existe nessa relação.

Idem para Crosby descendo a lenha na sogrinha.

Em resumo, mais um episódio cheio de atrativos.

Tem como não amar Parenthood?