PEGN – Máquina de fazer pizza é alternativa para empresários no ramo da alimentação

Neste domingo, dia 7, o ‘Pequenas Empresas & Grandes Negócios’ apresenta uma alternativa para o mercado da alimentação: a máquina de fazer pizza. Victor Cortez, proprietário da fábrica que produz este equipamento, está no negócio há 15 anos e vende 30 unidades por mês, por todo o país. As máquinas custam a partir de R$ 2 mil.

Outra reportagem mostra que os artesãos do estado do Tocantins se aproveitam da vegetação típica da região para produzir bijuterias, bonecos, bolsas e chapéus. As peças mais procuradas e que fazem mais sucesso são os artesanatos feitos de capim-dourado. O empresário Manoel Vieira fatura R$ 8 mil por mês vendendo produtos feitos da planta.

Ainda no programa, uma tendência no mercado de franquias é o investimento de marcas já consolidadas em um segundo negócio. O franqueador Salomão Salum, de uma rede de franquia de tênis que atende a mais de cem mil consumidores por mês, criou uma segunda marca, também de tênis, mas voltada para o público infantil. Para montar uma franquia da marca do calçado infantil, o investimento é a partir de  R$ 550 mil. Em dois anos, a segunda marca já abriu 28 lojas e a previsão é ter mais de 40 até final de 2012.

No SEBRAE de Novo Horizonte, o programa “Acesso a Mercado” ajuda doze confecções da cidade a aumentar a clientela. A empresária Renee Teixeira fabrica produtos para bebês e é fornecedora para 1200 lojas, em oito estados. O SEBRAE sugeriu algumas mudanças como a contratação de um gerente de produção, uma outra jornada de trabalho aos funcionários e a criação de um novo site institucional. Todas as empresas que participam do projeto já registraram crescimento.

O ‘Pequenas Empresas & Grandes Negócios’ vai ao ar todos os domingos, logo após ‘Antena Paulista’.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*