Plantão Glee: Quando se vive o personagem

Glee já está em sua segunda temporada e um dos grandes destaques da série sem dúvida é o personagem Kurt, vivido pelo ator Chris Colfer.

É possível haver uma explicação para a ótima interpretação desse personagem: o ator, além de homossexual assumido, com certeza já viveu o que ocorre com o seu personagem, dando mais naturalidade e se sobressaindo.

Kurt em Glee decide assumir sua opção sexual na primeira temporada e a partir da segunda o enfoque se torna o preconceito vivido em sua escola por ser o único gay assumido. Daí entra os dramas, os questionamentos religiosos e a homofobia presente e explicitamente praticada por um dos principais jogadores da escola, que também é gay, mais não assume e prefere  descontar em quem teve coragem de sair do armário.

 Chris Colfer concorreu ao Emmy de Melhor Ator Coadjuvante em Serie Cômica, e continua sendo um forte concorrente para o próximo ano. Em pensar que o personagem não existia na série, mais quando os autores viram Chris Colfer nos testes, criaram Kurt especialmente para ele.

Esta é a diferença de uma excelente atuação: a vivência.

* do internauta Guilherme

10 thoughts on “Plantão Glee: Quando se vive o personagem

  1. Tem como não gostar de 'Glee',me diz tem como?A-mo de coração!E que venha mais uma,duas,dez temporadas!Sério gente,vamo abrir a campanha 'ENDRIGO,dá outra chance a GLEE'!A galera merece!

    Gente,tenho sentido uma falta danada da Rachel.Tá,ela de vez em quando aparece com tudo,mas perdeu tanto espaço nessa nova season…E olha que só vi os quatro primeiro episódios.Juro por Deus que amo aquela garota.Chata,individualista,inconveniente,nada modesta e ambiciosa,mas me apaixonei!

    Falando em séries ainda…Terminei ontem 'Spartacus',e sem dúvida,assim que poder,voltarei a assistir.Um obra-prima genial,excepcional,maravilhosa.O melhor de tudo é que o sangue e a areia,como muitos pensam,não são protagonistas e dão lugar a uma trama cheia de reviravoltas e personagens interessantissimos.Quem poder,confira,pelo menos os três primeiros.Já aguardo 'Spartacus-God of arena'.

  2. Não costumo comentar sobre séries americanas, prefiro dar meus pitacos no produto nacional, mas por ter uma opinião meio polêmica a respeito de Glee resolvi postar minha opinião. Não acho que Glee seja uma boa série, na verdade tem um dos piores enredos das séries destinadas a adolescente que já acompanhei, porém tem os musicais como diferencial. Tenho uma teoria para explicar Glee, pegaram o roteiro de Malhação e o elenco de calouros do Raul Gil e fizeram um seriado.
    A série não discute temas sérios, os personagens são tão caricatos que chegam a irritar e a aboradagem dos assuntos é feita de maneira superficial, um exemplo é o Bullying que está presente em toda a série e já estamos na segunda temporada e ainda não foi discutido, imperdoável.

  3. Nossa André…Então devo ter uma visão totalmente diferente.Por exemplo,acho o bullying abordado nas tramas brasileiras tão 'tatibitati' que chega a ser cômico.O que falta em 'Malhação',temos em 'Glee' de sobra:ousadia.Os personagens são sim caricatos,mas com um carisma tão forte que é impossível não se identificar com pelo menos um.Concordo quando fala que as tramas poderiam ser abordadas com maior intessidade,mas colocaria em jogo o clima leve,despretencioso e alegre da trama.Eu particularmente,adoro a série,e foi uma das melhores surpresas deste ano.E mais,teno nela uma das maiores personagens do mundo das séries,Sue Silvestre.É impossível não rir com as tiradas impagáveis.Enfim,cada um,cada um.

  4. É questão de gosto mesmo. Me senti a vontade para criticar a série pq acompanhei todos os episódios, tenho um Glee maníaco em casa e assistimos juntos, mas confesso que é uma série que não sentiria falta se fosse cancelada.

  5. Endrigo, sério: assista "Glee". A série é fantástica e tem história. Esse último episódio da oitava temporada foi emocionante…tem um dos melhores clímax de um roteiro comtemporâneo….o episódio é lindo e não tem como não se emocionar. Parabéns aos atores e aos roteiristas de Glee.

    Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *