Ponto de Vista: Gugu e a tentativa de retomar o fôlego

E quem diria… Gugu sendo vítima daquilo que ele mais alardeou.

Não sei se algum leitor do Cena Aberta tem memórias do reinado de Gugu Liberato dos anos 90. Dos domingos que eram grandes batalhas pela audiência, quando as vinhetas animadas do SBT mostravam Gugu nocauteando Faustão em um ringue para dizer que era o grande vencedor da semana… alguém se lembra?

Essa é uma das minhas memórias de infância. Lembro bem dos momentos áureos. Algo que foi minguando depois do escândalo da falsa entrevista com integrantes do PCC em 2003. A partir daí, embora o apresentador continuasse nas telas, firme e forte as coisas não foram mais as mesmas.

Anos depois, mais precisamente em junho de 2009 o loiro trocou de emissora. Assinou contrato com a Record, depois de 21 anos de casa no SBT tendo como promessas o salário mais gordo e a possibilidade de ter um talk-show em horário nobre além de destaque na programação.

O que aconteceu depois? Não algo muito bom. A audiência não engrenou, alguns custos foram cortados além das velhas fórmulas assistencialistas voltando a ação. E agora um ato enfático: mudança de horário. Começando mais cedo – 16 as 20 horas – o apresentador justificou a alteração dizendo perceber que “seu público-alvo acorda cedo no dia seguinte”.

Oi? Só agora que notaram isso?



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *