Ponto de Vista: Hoje em dia qualquer um é celebridade

8 de agosto de 2010 0 Por Endrigo Annyston

*Por Wander Veroni

Banalizou. É  a coisa mais corriqueira do mundo. Qualquer um que ganha certa notoriedade se diz celebridade. Ou pior: é tratado pela mídia como um. Não que ser celebridade seja uma coisa ruim. Na verdade, acredito que não. Deve ter muita coisa boa e ruim em ser famoso. Mas, o que me incomoda, é a forma como essa palavra perdeu o significado e virou outra coisa. É, no mínimo, muito estranho.

Ex-participante de reality show, namorada de jogador de futebol, modelo que janta com atriz no restaurante, enfim, a lista é grande. Já existe hoje na TV aberta um reality show especializado em laçar esse nicho de celebridade para formular um elenco para um reality show, do qual nem é preciso falar o nome…rs. #abafa

De certo, essa má  conotação da palavra celebridade confunde o público. Foi-se o tempo em que as pessoas eram reconhecidas pelo trabalho e por aquilo que representam de útil para a sociedade. Claro, graças a Deus, que nem todos os veículos de comunicação dão espaço para esse tipo de “talento”. Desde quando ter uma vida particular movimentada dá uma pessoa o título de célebre?

A vida alheia desperta curiosidade e uma indústria ávida por pseudo-notícias: “fulana de tal vai ao Leblon e toma um sorvete”; “cicrano faz corrida no calçadão da orla carioca” ou “modelo vai ao shopping e compra um livro”. Poupe-me! Isso nunca foi notícia…é tão descartável como qualquer fast-food. Que, aliás, o consumo em excesso, pode fazer muito mal à saúde (mental).

________________________________________

*Autor: Wander Veroni, 25 anos, é jornalista pós-graduado em Rádio e TV, ambas formações pelo Uni-BH. É autor do blog Café com Notícias (http://cafecomnoticias.blogspot.com). Twitter: @wanderveroni / @cafecnoticias.