Ponto de Vista: Palmirinha e a fábula da experiência

2 de outubro de 2010 0 Por Endrigo Annyston

Wander Veroni* 

Será que talento tem prazo de validade? Pelo menos na TV, vimos recentemente que essa filosofia (errônea) tem ganhado alguns adeptos. O exemplo mais recente foi o da culinarista e apresentadora Palmirinha Onofre, ex-TV Gazeta. No mês passado, ela pediu demissão e se afastou da emissora por tempo indeterminado, deixando órfãos os telespectadores da TV Culinária. Após 11 anos de trabalho na TV Gazeta, Palmirinha Onofre não pôde se despedir do seu público ao vivo, pois a direção da emissora ficou com medo que ela se emocionasse demais. Na internet, muitos fãs da apresentadora ficaram indignados, pois esperavam uma homenagem justa à apresentadora.

Mas, foi só Palmirinha sair da TV Gazeta que ela virou “hit” em vários programas. Uma verdadeira “overdose”, diga-se de passagem. Mas, uma “overdose do bem”, pois ela foi homenageada das mais diversas formas, seja na entrega de um prêmio de música ou até mesmo na bancada irreverente do CQC. Só faltou a Palmirinha ir para “A Fazenda”….rs…nem que fosse uma participação especial, hein. Já pensou? Atualmente, a Palmirinha é cult! Símbolo pop daquela vovó prendada que sabe fazer mil e uma receitas e faz alegria dos netinhos na cozinha. Nada mais do que justo homenagear uma pessoa em vida e que, de alguma forma, ajudou a fazer a história da TV brasileira.

Em meio a tanto barulho, Palmirinha também entrou em uma polêmica com o diretor Boninho, da TV Globo. Começaram a circular na mídia que ela poderia entrar no elenco do “Mais Você” com um quadro fixo de culinária. A própria desmentiu, mas deixou em aberto que caso isso acontece, ela toparia. Porque não? Imagina ela e Ana Maria Braga juntas no palco? Ia ser primeiro lugar no Top 5 toda semana…com certeza ia ser hilário, pois as duas já não tem uma memória tão boa quanto antigamente….rs.

Mas aí veio o Boninho, via Twitter, e jogou um balde água fria. Não com o convite em si, mas uma “secada” na turma dos mais experientes. Não me lembro exatamente as palavras, mas foi algo como “ela já passou do ponto”. Como assim? As pessoas mais velhas não tem direito de estar na TV? De usar a experiência a favor da qualidade de uma determinada atração? Será que o mesmo Boninho esquece que o pai dele também foi vítima desse afastamento por conta da idade? E o pior: será que ele acha que não vai envelhecer? Tudo bem que a ditadura da imagem na TV exista. Até porque aparência infelizmente conta, não sejamos hipócritas. Mas as pessoas mais maduras também tem direito de usufruir dos louros da idade. Afinal, só não vai envelhecer quem já morreu.

________________________________________

*Autor: Wander Veroni, 25 anos, é jornalista pós-graduado em Rádio e TV, ambas formações pelo Uni-BH. É autor do blog Café com Notícias (http://cafecomnoticias.blogspot.com). Twitter: @wanderveroni / @cafecnoticias.