Ponto de Vista: Record muda Gugu com medo da concorrência

Wander Veroni*

Lembro que quando o Gugu mudou do SBT para a Record foi aquele alvoroço. Muito se falou, naquela época, que o Bispo tinha comprado “seis por meia dúzia” – o que, até o momento, realmente, aconteceu. O “Domingo Legal”, no SBT, sob o comando de Gugu, já sofria de uma terrível crise de criatividade que foi exportada para o “Programa do Gugu” – atração que ele já comanda há alguns meses na emissora da Barra Funda.

Falou-se muito na mídia, em 2009, que o Gugu estava insatisfeito no SBT e que queria novos desafios. Pois bem, neste domingo (30/05), ele terá o maior deles: conseguir emplacar o programa em um novo horário, às 16h, batendo de frente com o futebol e pegando o embalo da Ana Hickman, que não tem feito feio, desde que substitui a Eliana no “Tudo é Possível”. Perde o público que consagrou o “Domingo Espetacular” em horário vespertino e que agora terá que assistir a revista eletrônica às 20h. Mais uma vez vemos a Record mudando tudo de horário, para variar…rs

Sinceramente, não sei se o Gugu à tarde foi a melhor solução. Antes fosse apenas o horário…mas o que a Record não quer admitir que Gugu ainda não mostrou a que veio: salário milionário, verba de produção de dar inveja a qualquer um e um programa sem nenhum tempero. Assim fica difícil, hein! O apresentador que já ficou famosos por bater de frente com o Faustão aos domingos, se acomodou. Qual é a novidade que o Gugu trouxe à Record? Nenhuma. Praticamente, continuou fazendo os mesmos quadros assistencialistas e mal editados que fazia no SBT.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *