Ponto de Vista: Viver a Vida

Viver a Vida tem todos os ingredientes típicos de uma novela sua: Helenas, Leblon, depoimentos sobre superação, merchandising social, e romance, muito romance caliente ou não.

Apesar de todos os elementos aparentemente insuperáveis, sua trama não surte o mesmo efeito. A novela, que passa 99% no banquinho-e-violão (se é que você me entende) tem seus pontos altos nos momentos do créu na velocidade cinco. Ou seja: nos conflitos, transgressões e desgraças de nossos personagens queridos.

Lilia Cabral e Aline Moraes se tornaram protagonistas da novela, pela qualidade e verdade das suas interpretações como Tereza e Lucina, mãe e filha, respectivamente. A campanha social da personagem cadeirante de Luciana é sim o ponto forte da trama, assim como o tema superação. O elenco tem vários destaques como Bárbara Paz, Mateus Solano, Christine Fernandes, entre outros. Outra característica interessante são os depoimentos no final de cada capítulo que são exemplos de força de vontade e otimismo.

Porém, no frigir dos ovos fica uma questão: seria a hora de Maneco abandonar as novelas e se dedicar às minisséries?

Talvez o autor deva repensar sua forma de trabalho. Aceitar a ajuda de co-autores ou deixar de escrever em cima da hora. Aliás esse último ponto citado sempre foi seu maior defeito, apesar de ser muitas vezes uma qualidade, quando a nossa realidade também fez parte do cotidiano dos personagens. Isso já gerou debates em nossa sociedade.

13 Comentários

  1. "Viver a Vida" é cheia de ingredientes, mas éstão todos passados da validade. Até o caso Luciana é abordado de forma fraca. Não vejo nenhum ator ou atriz dando show de interpretação, e a culpa não é deles. É do Maneco que não criou personagens interessantes, que não criou tramas interessantes e fez o mesmo lenga-lenga de sempre, só que com menos momentos de fervor.

    O que vale a pena em Viver a Vida ainda, é poder acompanhar aqueles momentos de inspiração que dá no autor, como a cena entre Natália Du Valle e Lilia Cabral discutindo. Ali vemos a realidade sendo bem retratada.

    Mas de forma geral a novela é traz um sentimento intenso de ansiedade. Sim, ansiedade. Por Passione.

  2. Olha eu fiquei super hiper mega ancioso qdo estreou viver a vida… mas faltou algo na novela que não sei dizer o que é…

    tem atores ótimos, mas faltou… algo…

  3. Interessante ler três pontos de vista sobre o mesmo assunto,gostei da idéia. Viver a Vida tinha tudo para ser um novelão, com elenco de primeira, autor consagrado por outras ótimas novelas, mas simplesmente não aconteceu. Ninguém gosta de acompanhar uma novela para assistir algumas cenas ou o desenrolar de uma só história interessante, como no caso da Luciana. Meu sentimento com relação a novela e ao autor é de frustraçao, porque eu esperava mais, muito mais.

  4. Pra mim, não gosto de assistir novelas de cotidiano, da nossa vida, simplesmente porque já é a nossa vida, voce ve todo dia, vive todo dia. Novela divertida pra mim são aquelas onde tem algum vilão ou vilão aprontando o tempo inteiro, assassinatos, macaco pintando, ou alguma revelação de passado. Até mesmo aquelas novelas de realismo fantástico, com mulher de branco, cadeirudo, lobisomem, que infelizmente, não passam mais. São coisas que a gente não vê sempre e não se torna rotina nem banal.

  5. Nossa,eu também já tentei abandonar 'Viver a Vida',mas não consegui!E são os mesmos exatos motivos da maioria!Alinne Moraes e sua Luciana,a sempre maravilhosa Lilia Cabral,Natália Do Valle,Mateus Solano e alguns poucos outros.Maneco está realmente na hora de se entregar somente as minisséries,na minha opinião,as melhores são suas.Talvez esteja cansado,ultrapassado,não sei.Mas quando ele se inspira,é de uma delicadeza,de uma suavidade,de um verdadeiro show!Por isso que seguirei com 'Viver a Vida' até o último minuto.Por Luciana,Isabel,Teresa,Ingrid,Mateus,e lógico,pela maior surpresa dessa trama:Klara Castanho e a histórica Rafaela!

    Adorei esse nova idéia Endrigo!Vida longa!

    L.

  6. Manoel Carlos deveria dar um tempo na tv,suas histórias de Leblon já cansaram,para mim "viver a vida" e"páginas da vida foram as suas piores novelas.Pra que já escreveu:"por amor","mulheres apaixonadas" e"presença de Anita",acho que ele "perdeu" um pouco a mão.

  7. Oi Endrigo!

    Eu adorei a ideia do ponto de vista e a forma como vc mesclou um pedaço do texto de cada um para transformar em uma única produção aqui no blog. Só faltou no final um link para o texto de cada um, mas tudo bem. Adorei ler os comentários e acredito que o público do Cena gostou da ideia. Mais uma vez, obrigado pelo convite!

    Abraço,

    http://cafecomnoticias.blogspot.com

  8. Muito bom o texto!

    Acho que expressa mais ou menos o que sinto por Viver a vida! Não consigo deixar de assistir a novela!

    Ah, Endrigo, tenho uma sugestão sobre um possível próximo TOP FIVE, se você me permite! Você poderia fazer um TOP Five com "Os bordões inesquecíveis"! Acho que seria interessante!

  9. eu nao abandono viver a vida por causa do matheus solano ele é um otimo ator e nao vai ficar muito tempo longe das novelas nao eu adoro ele
    sempre torci pro miguel e a lu ficarem juntos
    eles sao lindos
    e esta novela mostrar q cadeirantes podem engravidar serem felizes como qualquer pessoa normal

  10. Realmente não acho que seja o caso de Maneco abandonar as novelas. Que isso gente? Aguinaldo Silva é o responsável pela menor audiência do horário das 8 (Suave Veneno) e pela maior da década (Senhora do Destino), sem contar que não é só uma questão de audiência, mais sim de qualidade também! Maneco fez sua pior novela? Sim. Mais nada que não se supere com uma mil vezes melhor. Espero que escreva muitas ainda e que aprenda com o próprio erro.

  11. Viver a Vida é morna. Tentei alguma vezes assistir um capítulo inteiro e não consegui. É um marasmo total, não há nada lá que prenda e faça gerar uma ansiedade em assistir o capítulo no dia seguinte.
    A protagonista é a Helena mais apagada e sem sal das histórias de Maneco; aquele romance de Miguel e Luciana (a verdadeira protagonista) já está mais do que melado, fora que o mundo parece girar em torno da cadeirante e seu mundinho cor-de-rosa. Os homens ou são bananas demais ou são adúlteros e o mesmo vale para as mulheres, na sua maioria bem fúteis.
    Ainda bem que essa novela está acabando, foi o pior trabalho de Maneco, se for pra escrever outra novelinha assim, fique só com as minisséries ou então não escreva mais nada por um bom tempo.
    Viver a Vida só serve pra dar sono e tédio.

  12. essa é boa: No fim de semana, a Globo começou a divulgar a vinheta em comemoração aos seus 45 anos. No entanto, a emissora teve problemas no Congresso Nacional.

    Tudo porque um dos coordenadores da campanha do PT à Presidência, Marcelo Branco, insinuou que o vinheta fazia propaganda disfarçada para José Serra, pré-candidato do PSDB. O jingle diz “todos queremos mais” – enquanto o slogan do tucano é “o Brasil pode mais”.

    Em seu Twitter (serviço de microblogs), Branco – que é responsável pela campanha da pré-candidata Dilma Rousseff na internet -, disse que a emissora teria se “inspirado” na ideia de Serra.

    Com isto, a direção da Rede Globo optou por cancelar a divulgação do clipe, mesmo justificando que o filme havia sido criado em novembro do ano passado, meses antes do lançamento da pré-candidatura de Serra.

    Dá ou não dá medo do PT? Vcs sabem o que o Chavez anda aprontando com a mídia na Venezuela? O Lula-lá quer o mesmo aqui?

  13. Eu não acho que Lílian Cabral e Alinne Morais se tornaram as verdadeiras protagonista devido a qualidade e verdade de suas interpretações e sim pq o autor deu a elas a trama central da novela,sua Helena tem uma história fraca, que poderia ser de qualquer coadjuvante.Tenho certeza que ao escrever o Maneco sabia que a personagem da Alinne ganharia mais destaque, então me pergunto: Se ele queria uma Helena negra e jovem, pq não deu a ela o papél de Luciana??Tenho certeza que a Taís Araujo daria conta do recado pois já provou ser uma ótima atriz. É muito fácil colocar uma protagonista negra com uma trama apagada,se a personagem Luciana se chamasse Helena e fosse negra toda a família, mãe,pai e irmãs também seriam, acho que é aí que o negócio pega, falta coragem por parte dos autores pra colocar na trama principal de sua novela uma família negra.É mais fácil prejudicar uma ótima atriz dando a ela um papél sem graça e continuar dizendo que ela é a protagonista!!!

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*