Profissão Repórter mostra a exploração de trabalhadores bolivianos

9 de abril de 2013 0 Por Endrigo Annyston

Nesta terça-feira, dia 09, o programa revela o caminho da exploração de trabalhadores, também chamado de ‘a rota da costura’, que começa com os aliciadores na Bolívia e termina em oficinas de costura em São Paulo.

Caco Barcellos mostra a longa fila de bolivianos que querem entrar no Brasil pela fronteira com Corumbá. São mais de 500 pessoas que chegam a esperar três dias ao relento para conseguir o visto de entrada no Brasil.  A grande maioria entra como turista, mas reconhece que vem para o Brasil trabalhar com costura.

Na Bolívia, Thiago Jock segue para a cidade El Alto, de onde sai a maior parte dos bolivianos que emigram para o Brasil. A reportagem mostra a grande quantidade de agências de emprego com ofertas de trabalho em oficinas de costura e acompanha a viagem dos deputados da CPI do trabalho escravo que foram à Bolívia procurar informações sobre o esquema de aliciamento.

Ainda no programa, Thais Itaqui acompanha a fiscalização da força tarefa do Ministério da Justiça e do Trabalho em quatro oficinas de São Paulo. Em todas foram encontrados trabalhadores bolivianos em condições análogas a escravidão.

‘Profissão Repórter’ vai ao ar logo após ‘Louco Por Elas’.