Profissão X A Liga: Alimentação; pais e filhos

22 de junho de 2010 0 Por Endrigo Annyston

Os repórteres Eliane Scardovelli e Theo Ruprecht do Profissão Repórter mostram a rotina de uma vara de família. Eles acompanham, por uma semana, as tentativas de reconciliação no Fórum de Goiânia.

Gabriela Lian conta a história de Jonas, que procura a filha há cinco anos. A menina foi levada pela mãe numa visita e desapareceu.

E a repórter Mariane Salerno registra o trabalho de quem procura reunir pais e filhos separados há muito tempo. Ela mostra o drama de Maria, que não vê os filhos desde que se separou do marido, há trinta e um anos.

Em A Liga: Não basta comer, é preciso se alimentar bem. Constantemente a mídia mostra como ter uma alimentação balanceada, os médicos reforçam e por aí vai. Porém, os números mostram que o efeito pode ser contrário.

Foi constatado que cada vez mais as pessoas estão acima do peso. Assim como cresce a preocupação, na mesma proporção surgem opções de fast-food nada saudáveis, mas muito requisitados.

Em contraponto, existem àqueles que não se importam com comida, quando chegam no ponto da anorexia e, na outra extremidade, a grave situação de parcela da sociedade não tem o quê comer e precisa se virar para ter uma refeição.