Programa mostra o projeto ‘Pólo de Saúde’, no Piauí

Em Teresina, no Piauí, o segmento de saúde teve um grande crescimento nos últimos dez anos. Hoje, a capital do estado, abriga um pólo de empresas do setor, que é referência para outras cidades do nordeste. O ‘Pequenas Empresas & Grandes Negócios’ deste domingo, dia 07, apresenta a iniciativa do Sebrae, que em 2010 iniciou o projeto ‘Pólo de Saúde’ e já conta com 38 empresas cadastradas.

Todo mês, a cidade recebe 20 mil pacientes locais e de estados vizinhos, como Ceará, Maranhão, Tocantins e Pará. De acordo com a prefeitura, o setor gera 15 mil empregos diretos e fatura R$ 20 milhões por mês. Um dos exemplos é a clínica do médico Carlos Dimas. O local é especializado em diagnósticos de doenças do aparelho digestivo e realiza mais de mil exames e consultas por mês. O faturamento mensal da empresa é de R$ 65 mil e com o projeto a meta é crescer pelo menos 30%.

Outro participante do ‘Pólo de Saúde’ é a empresa do dentista Antônio Costa. A clínica dele faz diagnósticos odontológicos. Depois de entrar no projeto, contou com uma melhoria dos processos e uma economia de cerca de R$ 20 mil por mês. Hoje, tem 28 funcionários e seis estagiários. São realizados 1.200 diagnósticos por mês. O faturamento mensal só da matriz é de R$ 180 mil.

O ‘Pequenas Empresas & Grandes Negócios’ vai ao ar logo após o ‘Antena Paulista’.      



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *