Projeto Fashion estreia sem carisma e uma crítica à imprensa

21 de setembro de 2011 0 Por Endrigo Annyston

Me esqueci da estreia do Projeto Fashion no último sábado, mas as manchetes, bem, foi impossível passar por elas sem sentir o veneno.

Culparam Adriane Galisteu, que quase não aparece, pela média de um ponto.

Que coisa mesquinha, não? Uma coisa é a audiência baixa de outras atrações dela, outra, é responsabilizá-la pelo Projeto Fashion. É um programa que independe do apresentador.

De qualquer forma, para os índices nada animadores, contribuiu o horário: sábado a noite? Jura?

Ontem teve a reprise e novamente a Band “ajudando”: pegou o traço do pastor e ainda teve aquele programete de Loterias no meio.

Difícil fazer milagre, hein?

Fora isso achei que falta carisma no Projeto Fashion, e nesse caso entra a culpa de Galisteu: ela estava se achando a super modelo, desfilando, acreditando estar abafando … e o público, como fica?

Não apresentaram direito os concorrentes, a primeira prova estava chatinha e tal.

Acho fácil falar que um programa assim, como estilistas, seja segmentado. Até é, mas é possível chamar a atenção de todo mundo, o Estilista Revelação do TV Xuxa conseguiu.

Eles humanizaram os concorrentes, deram vida e, assim, nos dava vontade de torcer por eles.

Sem saber pra quem torcer, desconhecendo o pessoal que estava ali e com uma edição sem ritmo, bem, não consegui chegar ao final do programa. Não instiga.

Ou seja, os problemas que resultam na baixa audiência são vários.

Eu, que não sou ligado em moda, continuo preferindo o Brazil´s Next Top Model do Sony, que infelizmente parou de ser produzido.